As melhores ofertas escolhidas especialmente para você!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Receita Secreta de Fermento Natural. Como fazer?

Primeira Parte:
Muita calma nesta hora!
Vai demorar alguns dias para você conseguir fazer o seu fermento natural, mas depois de conquistado, se cuidar dele direitinho, ele renderá deliciosos pães por muitos anos. Vamos lá, esta é a  minha receitinha secreta!

Coloque em um recipiente tampado com pano, papel alumínio  com furinhos pois o fermento precisa respirar os seguintes ingredientes:

 1 batata crua ralada pequena, 1 copo de água morna, 1 colher (sopa) de açúcar, 1 colher (chá) de sal.

O processo de fermentação vai durar aproximadamente de 5 a 7 dias se estiver calor será mais rápido. Eu achei o cheiro azedinho, parecido com suco de abacaxi passado no final do processo. rs!

Coe esta mistura, jogue as batatas no lixo e acrescente na água já fermentada
1 xícara de farinha de trigo, 2 colheres (sopa) de açúcar. 
Tem que ficar como um mingau, acrescente mais água se necessário.Deixe esta mistura descansar por mais um dia.  Esta mistura vai criar bolhas, fermentando (conhecido como esponja). Pode levar um dia ou mais, fica mais ou menos como esta foto:

 Observe todos os dias, tem cheiro de bebida alcoólica, cerveja por exemplo. Se criar um líquido na superfície pode despejá-lo (só o liquído, hein!) na pia.

 Para manter o seu fermento lembre-se sempre de alimentá-lo, com açúcar, farinha, água e ás vezes uma pitada de sal para conservá-lo. É como uma plantinha, a parte que sobrar poderá ser mantida por muito tempo se você cuidar dele com todo carinho. Como você terá que alimentá-lo sempre, a quantidade de fermento vai aumentando. Quando você for fazer o pão certifique-se que você tem 2 copos de fermento, 1 será colocado na receita e o outro será guardado.
Se você quiser, por exemplo, fazer o pão todo final de semana, vá alimentando durante a semana para que atinja mais um copo. Deu pra entender? Se quiser dar o fermento para alguém, alimente-o em quantidade maior e separe um copo para a pessoa e deixando um para você. Ou seja, você pode alimentar o seu fermento conforme  necessitar... mais ou menos. Só que deixar de alimentar vai matá-lo.
O fermento poderá ficar em temperatura ambiente, respeitando que ele precisa sempre respirar, cobrindo com um pano, ou na geladeira, em um recipiente com furinhos na tampa para que respire.

Segunda parte:
Para fazer pão vc vai precisar de 
1 copo de fermento natural 
1 copo e 1/2 de óleo
3 ovos
1 colher sopa rasa de sal
1 xícara chá de açúcar rasa (ou a gosto)
1 copo de leite
farinha de trigo o suficiente. aprox. 1 KG

Ou outras receitas da sua preferência. Pode acrescentar frutas cristalizadas, passas, etc


Comece fazendo o seu pão pela manhã, pois ele só ficará pronto no outro dia de manhã. (Prazo de 24 horas). Pode escolher outro período do dia, conforme sua disponibilidade.
Misture o fermento natural, os ovos, o óleo, o leite, o açúcar e o sal, vá misturando tudo ligeiramente, vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos. Quando der o ponto de pão coloque em um bacia plástica coberta com plástico, de preferencia num lugar quente (forno ou em cima da geladeira), até a noite (mais ou menos umas 8 horas)
Á noite enrole os pães, coloque em uma forma retangular. Eles aumentam muito de volume, portando mantenha uma boa distancia entre eles. Essa quantidade de massa dá para 4 pães grandes. Eu divido a massa em 4 e coloco apenas 2 em uma forma retangular de bolo e no outro dia eles tomam todo o espaço da forma.
No outro dia,cedinho, é só ligar o forno e assar os pães. Assam rapidinho. E que delícia!


Notas: Em algumas receitas pela net, encontrei a de pão de cristo, que levam uns 3 dias para ficar prontas, utilizando este mesmo fermento,  mas essa espera longa demais, deixa o pão com sabor mais alcoólico, eu particularmente, não gosto muito.


ANDREIA MAXX
ESPERO QUE GOSTEM!

3 comentários:

  1. Andreia,

    Seria interessante se constasse também a fonte de uma das fotos que vc postou nesta página (http://come-se.blogspot.com/2007/07/po-com-fermentao-natural.html) e das outras informações.

    Mônica

    ResponderExcluir
  2. A receita é minha mesmo!!! Eu fui fazendo e aperfeiçoando a minha própria técnica.
    Desculpe pela falha, eu sempre procuro colocar as fontes, desta vez eu esqueci!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário (Será postado somente após moderação):

Pesquisar este blog