As melhores ofertas escolhidas especialmente para você!

sábado, 9 de outubro de 2010

O controlador da ponte (A ponte)




O controlador da Ponte.

29
JUN
às 22h42 - 29/06/2010
Era uma vez um homem que cuidava de uma ponte. Nessa ponte passavam vários trens. O papel do homem era baixar e subir a tal ponte. Esse homem tinha um filho, seu precioso bem. Pra ele nada importava a não seu filho. Ele amava muito seu filho. O garoto gostava de olhar seu pai trabalhando na ponte. Ele também gostava de ver os trens que passavam nessa ponte. Gostava de olhar as pessoas que viajavam nos trens. Pessoas de todos os tipos. Orgulhosas, solitárias, frias, angustiadas, viciadas, etc. Um dia em um desses trens ele vê uma viciada em drogas que olha pra ele e dar um sorriso. Ele nem imaginava em que situação essa pessoa se encontrava. Então, em mais um dia de trabalho, como sempre seu pai baixava e erguia a ponte. Mas por conta de um erro ele ergue a ponte no momento em que o trem a qual viajava. O garoto tenta avisar ao seu pai. Ele não o ouve. Então o menino tenta ajudar. Mas de repente ele cai na caixa de máquinas da ponte. Seu pai desesperado tenta salvar seu filho. Mas teria que decidir entre salvar seu filho único ou salvar as pessoas que viajavam no trem. Diante da escolha, o homem escolhe sacrificar seu próprio filho para salvar a vida das pessoas do trem. Pessoas que ele não conhecia. Então a ponte baixa e deixa em pedaços seu filho. Ele gritava: “Não! Meu filho!”.
A moça viciada olha pela janela e lembra-se do garoto. O menino que tinha visto e dado um sorriso. Ele se comove. Um teve que se sacrificar por muitos. Naquele instante ela toma uma decisão grandiosa em sua vida. Ao ver o desespero do homem que perdeu seu filho. Seis meses depois do trágico acidente, a moça retorna ao local. Dessa vez acompanhada. Ela teve um filho. Ao ver a moça, o homem que trabalhava na ponte se emociona. Ele ver que o sacrifício valeu apena. Seu filho morreu para trazer uma esperança a outras pessoas. Uma delas foi a moça que era viciada. Teve uma chance de mudar sua vida. O homem dar um sorriso.
Em fim, Deus também deu Seu Filho Unigênito para nos salvar. Será que vemos isso? Será que agradecemos por isso? Não sei. Um teve que ser sacrificado para trazer esperança aos outros. Esse foi Jesus. Ele morreu na cruz por nós. Devemos então agradecer a todo instante por isso. Jesus foi e sempre será nossa esperança.

3 comentários:

  1. oi andreia vc poderia me ajudar dizendo qual o nome de filme eu amei o video e gostaria de saber se é um filme...vc poderia me ajudar

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente eu não posso te ajudar, não encontrei nada a respeito...

    ResponderExcluir
  3. O nome do filme é Most (A Ponte)
    http://www.youtube.com/watch?v=QXknDzhjEGc

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário (Será postado somente após moderação):

Pesquisar este blog